Falsificador de vinho Rudy Kurniawan deixa a cadeia

Tempo de leitura: < 1 minuto

Com ordem de deportação permanente, o falsificador indonésio foi entregue às autoridades de imigração dos EUA

No dia 6 de novembro passado, o famoso falsificador de vinho Rudy Kurniawan deixou a prisão federal perto de El Paso, onde passou os últimos anos desde que foi condenado em 2013 por vender milhões de dólares em vinhos falsos. Apesar de sair da prisão, Kurniawan foi entregue ao Departamento de Imigração e Alfândega dos Estados Unidos, que tem uma ordem de deportação permanente para ele, que está país ilegalmente há mais de 12 de anos.

No entanto, ninguém sabe ao certo para onde ele irá. “Os federais nunca falam sobre esse tipo de coisa”, disse Jerome Mooney, advogado de Kurniawan. Contando o tempo que passou na prisão aguardando julgamento, Kurniawan cumpriu quase nove anos de sentença. Agora ele está esperando enquanto os tribunais de imigração decidem seu destino. Até hoje, ele nunca ressarciu os clientes prejudicados.

Fonte: revista Adega

Sobre ABS Minas

A Associação Brasileira de Sommeliers, Secção Minas Gerais, é uma associação sem fins lucrativos, que congrega apreciadores de vinho, cachaça e cervejas artesanais, e que tem por objetivo maior, propagar o conhecimento sobre a arte da degustação, além de atuar fortemente na qualificação de profissionais que atuam em restaurantes, bares, hotéis e outros estabelecimentos em que este profissional seja necessário.

Deixe um comentário