Veuve Clicquot perde o seu Mestre de Cave e Londres lamenta a morte do fundador do Vinopolis, o museu do vinho britânico

Tempo de leitura: 2 minutos

Por Glaucia Balbachan

Champagne na França e Londres perdem figuras importantes no mundo do vinho em 2021

A semana começou triste com a notícia da morte de personalidades que marcaram o mundo do vinho na Europa.

Jacques Péters, conhecido como Jacky entre seus muitos amigos, era responsável pela criação do Rosé (não vintage) de Veuve Clicquot e o Rich Réserve demi-sec cuvée, além de ter supervisionado 42 safras em Champagne.

Conhecido como um dos maiores chef de cave de Veuve Clicquot, ele é lembrado não apenas por sua aparência calma, mas também por trazer muito talento para a vinícola na famosa casa de champanhe, onde passou tantos anos, antes de se aposentar em 2006.

Péters nasceu em uma família de produtores em Mesnil-sur-Oger e passou toda a sua vida vivendo e trabalhando em Champagne. Depois de uma longa luta contra um câncer cerebral, o chef de cave, morre aos 75 anos.

Londres

Já em Londres a perda é pelo comerciante e empresário Duncan Vaughan-Arbuckle, que faleceu aos 83 anos. Vaughan-Arbuckle foi o fundador e diretor do Vinopolis, a premiada atração de visitantes com tema de vinho, que esteve localizada no Bankside de Londres, de 1999 a 2015.

De acordo com sua filha, Desdemona Freeman, seu interesse pelo vinho começou em 1970. “O vinho era claramente o seu assunto favorito”, conta.

Em 1980, Vaughan-Arbuckle fundou a Wigmore Wine Company no Reino Unido, ao lado do maior distribuidor holandês, Dranken BV. Durante esse tempo, ele também comprou e desenvolveu uma operação de varejo de vinhos e criou o Adhoc Wine Warehouse, o primeiro “cash & carry” de vinho para o comércio e público em geral.

Em 1988, Vaughan-Arbuckle concebeu Vinopolis, um museu que celebrava o vinho. Para tirar o projeto do papel, ele levantou cerca de 30 milhões de libras de investidores em nove países, incluindo um subsídio de 2,5 milhões de libras do governo britânico.

O Vinopolis abriu suas portas em 23 de julho de 1999 e ganhou inúmeros prêmios de turismo. “A ideia era torná-lo acessível a todos, qualquer um poderia chegar e não se sentir intimidado”, diz Freeman, sobre o museu.

Vinopolis fechou suas portas em 2015, embora Vaughan-Arbuckle não estivesse envolvido no projeto no final.

Fonte: Revista Adega

About ABS Minas

A Associação Brasileira de Sommeliers, Secção Minas Gerais, é uma associação sem fins lucrativos, que congrega apreciadores de vinho, cachaça e cervejas artesanais, e que tem por objetivo maior, propagar o conhecimento sobre a arte da degustação, além de atuar fortemente na qualificação de profissionais que atuam em restaurantes, bares, hotéis e outros estabelecimentos em que este profissional seja necessário.